quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Incompatibilidades (I)

O homem sobe a rua. De um lado, vivendas atrás de grades. Do outro também. Atravessa a rua mais ou menos a meio. Do lado de lá de um gradeamento, um cão ladra. O homem assusta-se, pula para trás. O cão pula também, mas para a frente, contra o gradeamento. Ladra. Homem e cão não se vêem. O primeiro adivinha espuma no focinho do outro e este fareja-lhe o medo. Ladra outra vez.
O homem insulta: Cabrão!. Depois recompõe-se, ajeita o casaco, faz-se ao caminho. Insulta ainda: Cabrãozão!. O outro fica encurralado na esquina. Ladra.
O homem não gosta de cães. Nem percebe pessoas que gostem de cães. O cão, por seu turno, não percebe cães que gostem de pessoas.
Passam a vida a ladrar!, diz o homem sobre os cães.
O cão diz o mesmo sobre os homens.
Ambos tinham razão.

10 comentários:

Magui disse...

Ambos tinham razão. São uns cabrões!
Os homens põem os cães atrás das grades. Oa cães acham que são donos delas.

Claudette Guevara disse...

Eu acho que somos incompatíveis com o Mundo...

Claudette Guevara disse...

E o oposto.

uxa disse...

A minha incompatibilidade com os cães vem de um dia em que um doberman me abocanhou o rabo. Senti a raiva que o cão me tinha, sem nos conhecermos.
Em algumas ocasiões da minha vida sinto essa raiva, e sei que é uma maldição do cão.
Tenho pânico de cães !

PPP disse...

Concordo com a magui.
Mas também, os cães reagem de acordo com a "educação" que o dono lhe deu.
Se o dono "ensinou-o" a ser agressivo ele é agressivo com todos, excepto com o dono.
Agora, se o dono trata bem o cão, logicamente que o cão não se tornará agressivo.

Cumps,
PPP - Primo Pedro Pessoa
ou - Pedro Pessoa Primo
ou - Pedro Primo Pessoa
whatever, beijinhos do teu primo e continua com os belos textos.
P.S.- Já agora, BOM DIA DE SÃO VALENTIM!!

Mutti disse...

"Ladras? Também te ladro!"
"Saltas para a frente? Salto para trás!"
"Queres-me roubar? Ponho umas grades! E um cão raivoso..."
Até quando?

JB disse...

No dia dos namorados os cães também se amam.
Gostamos tanto dos teus contos como de ti.

pessoana disse...

Mas o que se passa aqui?

A Magui a dizer asneiras, a Claudette cabisbaixa, toda desiludida com o mundo, a uxa com medo de cães, o meu primo com nome de partido político ou agente secreto, o Mutti a ladrar (e ainda nem sei quem é) e o jb todo armado em whisky!

Estou a estranhar-vos! A todos!
E quando é assim, dá-me para ladrar!

sarabanda disse...

Olá!...Depois do comentário da artista já não posso contar que um dia um cão mordeu-me no rabo sem eu contar. Mas...agora já lhes tenho novamente mais confiança.
Pronto, é isto.

OrCa disse...

Será este o tal "cão como nós"?