domingo, 6 de janeiro de 2008

Aprender a contar

Por ocasião da 100.ª história neste blogue.

- Mãe, não consigo dormir!
- Tens de contar carneirinhos, filho!
- Só sei contar até 10!
- Então conta até 10!
- Já contei até 10 e não adormeci!
- Conta outra vez! Se contares 10 vezes até 10, já sabes contar até 100.
- Até 100? Porquê?
- Porque 10 vezes 10 é igual a 100.
- Mas eu ainda não aprendi a fazer contas de multiplicar.
- Não faz mal! Se contares 10 vezes até 10, estás a contar até 100.
- Quer dizer que já sei contar até 100?
- Sim!
- Então já não preciso de ir à escola.
- Precisas, sim! Para aprenderes a contar até 1000.
- Até 1000?! Então quando é que os números acabam?
- Nunca!

O miúdo foi para a cama. Não conseguia dormir.
A perspectiva de contar carneirinhos para sempre angustiava-o.

9 comentários:

uxa disse...

Parabéns pela centésima, e pelas outras 99 !!!

NoKas disse...

:)

Realmente os adultos têm com cada uma! Mandar a criança contar eternamente carneirinhos! Coitadito do puto!

Buba disse...

Então para comemorar a 100ª, deixo o meu testemunho pela primeira vez... mistério?... excepcional, a tua prosa...

hbandarra disse...

Só lendo para acreditar. Foi ainda ontem que começaste o tanto que parece ser de sempre! A partir de agora vai ser dificil seleccionar os teus melhores 100 textos visto que todos são e serão sempre tão bons. Que tal os 1000? Estarei lá. Adoro ler-te (e ainda mais ver-te). Beijo!

pessoana disse...

Uxa, obrigada pela simpática "ilustração"!

Nokas, os adultos não prestam, já se sabe! Daí os peixinhos, certo?:-)

Desconfio que o Buba tem uma identidade secreta, cujo nome próprio começa por M (trazendo-me à memória um outro M dos Serviços Secretos de Vossa Majestade).

Bandarra, se chegar aos 1000 como profetizas, escrevo só mais uma história e fico-me por aí. Já dava para enganar um rei qualquer durante mil e uma noites! E daí talvez não!

Claudette Guevara disse...

Nem tinha reparado na 100ª...

Mas lembrei-me (que parvoíce!) das aulas n.º 100, na escola, em que levávamos comes e bebes. Será que foi só na minha terra?

Beijos!

Meta: 1001

Rute Borges disse...

:)
um sorriso delicioso...

buba disse...

estás longe, muito longe...
ainda não tive tempo para ler as 100... mas vou ler uma a uma e comentá-las todas... vai ser uma delícia!

sarabanda disse...

Mas no outro dia ele pensou que seria bom saborear os números, um a um, até um dia chegar aos duzentos e sentir prazer nisso.
Parabéns.